Um convite à reflexão: feminismo

Muito mais do que uma conversa, a vinda de Djamila Ribeiro ao Colégio foi um convite para a reflexão sobre o feminismo. Djamila é pesquisadora e mestre em Filosofia Política pela Unifesp, feminista, ativista social, e foi secretária-adjunta de direitos humanos e cidadania da cidade de São Paulo. Numa conversa com meninas e meninos, a ativista foi além do óbvio para explicar o movimento que tem ganhado atenção no país inteiro.

djamila_1

Tudo começou com o coletivo feminista Tuíra que idealizou e colocou no papel a vinda de Djamila. O objetivo era claro: esclarecer para a comunidade Band o que é feminismo. Djamila mergulhou todos em seu raciocínio claro e explicou como o movimento funciona e, principalmente, suas vertentes.

djamila_2

Uma das principais ideias apresentadas na conversa foi a de que o Brasil é um país desigual onde mulheres, por conta de questões de raça e classe social, vivem realidades diversas que geram diferentes lutas. Djamila levou os alunos a reflexão sobre a própria realidade e como o feminismo, o racismo e a desigualdade estão inseridos nesse contexto.

djamila_3

“A conversa foi muito importante para valorizar o trabalho do Tuíra na busca pela reflexão”, contou a Coordenadora de CPG, Maria Estela Zanini. “Acho que a palestra serviu para mostrar à comunidade Band a importância de termos um espaço para discutir a relevância do movimento feminista”, disse uma das integrantes do Tuíra, Stephanie Ribeiro.

djamila_4

O coletivo feminista é acompanhado de perto pela professora de Português, Cátia Luciana Pereira. “O que ficou para mim é sempre refletirmos sobre a nossa própria responsabilidade nos problemas da sociedade. Nos questionarmos e, assim, reconhecer as atitudes machistas para combatê-las.”, explicou Cátia.