Feminismo em pauta

Dando cada vez mais visibilidade e voz ao feminismo dentro do Colégio, o Coletivo Feminista Tuíra realizou um vídeo com mulheres da comunidade Band para refletir sobre os motivos que as tornam feministas. Inspirado em vídeo produzido por alunas da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (POLI-USP), o vídeo já atingiu mais de um milhão de visualizações.

A principal ideia da produção foi a de ressaltar a necessidade do feminismo como pauta ativa na sociedade. Além disso, foi preciso mostrar a todas as mulheres do Colégio o espaço existente para a reflexão, estimulando-as a participar e se conscientizar acerca das questões que envolvem o feminismo. “Com o vídeo, queríamos prevenir atitudes machistas dentro do Colégio e também divulgar o coletivo como um lugar de apoio e aprendizado. Todos devem se sentir bem na escola”, contou Stéphanie Ribeiro, aluna da 3.a série do Ensino Médio.

A professora de Língua Portuguesa que acompanha o coletivo, Cátia Luciana Pereira, ressalta que a luta contra o machismo é constante e, assim, o vídeo se torna apenas mais um passo na busca pela igualdade. “É uma maneira de refletir. A partir daí você muda sua forma de agir”, comentou a professora. “Após a publicação, houve muitas manifestações de apoio dentro da escola”, completou ela.

Desde seu início, o coletivo feminista Tuíra vem promovendo ações dentro do Colégio para estimular as causas feministas na sociedade. “Quero que as intervenções sejam ainda mais frequentes no Band e que tenham cada vez mais resultados”, concluiu Stéphanie.